facebook instagram youtube whatsapp

Agronegócio Segunda-feira, 08 de Janeiro de 2024, 14:29 - A | A

Segunda-feira, 08 de Janeiro de 2024, 14h:29 - A | A

EFEITO EL NIÑO

27 municípios em MT decretam situação de emergência por falta de chuvas

Sorriso ampliou de 120 dias para 180 dias a vigência do decreto publicado no dia 21 de dezembro

Canal Rural
MQF

Subiu para 27 o número de municípios em Mato Grosso com decretos de situação de emergência devido à falta de chuvas e a seca, que comprometem a produção agrícola e pecuária. As medias variam entre 90 e 180 dias. Em Água Boa, conforme o Sindicato Rural, produtores estimam na soja perdas entre 30% e 40%.

Como já destacado pelo Canal Rural Mato Grosso, em alguns municípios são estimados pelo setor produtivo perdas nas lavouras provocadas pelo estresse hídrico e pela seca entre 20% e 50%.

Desde o dia 30 de novembro, de acordo com informações publicadas no Jornal Oficial Eletrônico dos Municípios de Mato Grosso, há registros de decretos municipais em diversas regiões produtivas do estado.

Nos primeiros dias de 2024 decretaram situação de emergência pelo estresse hídrico os municípios de Água Boa, Cocalinho, Comodoro, Confresa, Juara, São José do Rio Claro e Pontal do Araguaia.

O município de Sorriso, que havia em 21 de dezembro decretado situação de emergência de 120 dias, ampliou a medida para 180 dias na última semana.

Água Boa estima perdas de até 40%

No município de Água Boa, segundo o presidente do Sindicato Rural de Água Boa, Geraldo Delai, produtores chegaram a registrar 47 dias sem chuva “de verdade” em algumas áreas até o final de dezembro.

Em entrevista ao Canal Rural Mato Grosso, Geraldo Delai revelou que setor produtivo dos municípios de Água Boa e Nova Nazaré havia solicitado para que as prefeituras decretassem situação de emergência por causa da estiagem.

“Tem algumas áreas que o produtor já tem 47 dias sem chuvas de verdade. Então, essas áreas já vão ser abandonadas. [Temos] áreas sendo replantadas inclusive, tem áreas que estão regulares e vão continuar. Mas, a maioria não tem um estande ideal ou adequado. As perdas no município de soja vão ser em torno de 30% a 40%, com certeza”, disse Geraldo Delai.

Confira lista dos municípios com decretos:

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024