facebook instagram youtube whatsapp

Economia Segunda-feira, 05 de Fevereiro de 2024, 10:38 - A | A

Segunda-feira, 05 de Fevereiro de 2024, 10h:38 - A | A

CONJUNTURA

Deficit corrente recua para 1,32% do PIB em 2023, aponta BC

Houve uma redução de US$ 19,6 bilhões em comparação ao ano anterior, quando o deficit corrente ficou em US$ 48,3 bilhões, alcançando 2,47% do PIB

Rafaela Gonçalves/Correio Braziliense
MQF

O Brasil teve um deficit de transações correntes de US$ 5,8 bilhões em dezembro e encerrou o ano de 2023 com saldo negativo acumulado de US$ 28,6 bilhões. Segundo os dados das Estatísticas do Setor Externo, divulgados nesta segunda-feira (5/2) pelo Banco Central (BC), o resultado é equivalente a 1,32% do Produto Interno Bruto (PIB).

Houve uma redução de US$ 19,6 bilhões em comparação ao ano anterior, quando o deficit corrente ficou em US$ 48,3 bilhões, alcançando 2,47% do PIB em 2022. O resultado surpreendeu os analistas do Consenso LCE, que esperavam um deficit maior em dezembro, de US$ 7,428 bilhões.

O saldo anual foi atribuído ao superavit de de US$ 36,4 bilhões da balança comercial e à redução de US$ 2 bilhões no déficit de serviços, compensados parcialmente pelos aumentos nos déficits de renda primária (US$ 15,9 bilhões), e de renda secundária (US$ 2,9 bilhões).

No acumulado do ano, as exportações de bens registraram o maior valor da série histórica, US$ 344,4 bilhões, o que representou um aumento de 1,2% em relação a 2022. Já as importações somaram US$ 263,9 bilhões, com recuo de 10,9% em relação ao ano anterior.

Continue lendo:

https://www.correiobraziliense.com.br/economia/2024/02/6798033-deficit-corrente-recua-para-132-do-pib-em-2023-aponta-bc.html

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024