facebook instagram youtube whatsapp

Geral Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 16:53 - A | A

Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, 16h:53 - A | A

ALERTA

Prepare-se: fim de semana terá chuvas de até 180 mm; veja a previsão de cada região

No Centro-Oeste, o tempo firme se espalha por boa parte da região

Canal Rural
MQF

Saiba como o clima irá se comportar neste fim de semana em todo o Brasil:

Sábado (27)

Sul

O fim de semana começa com previsão de chuva desde a Serra Gaúcha até o norte do Paraná por conta de instabilidades em níveis médios e altos da atmosfera, que podem até gerar volumes acima dos 15 mm na faixa leste dos três estados, mas de maneira rápida e pontual.

Na maior parte do Rio Grande do Sul, o tempo segue estável e com predomínio do sol.

 
 
 

 

 


 

Sudeste

Chuvas se tornam cada vez mais irregulares no Sudeste com a atuação de instabilidades afastadas no oceano.

 

Ainda tem resquícios da ZCAS e da frente fria gerando volumes elevados no Espírito Santo e no norte de Minas Gerais neste sábado, não se descartando o potencial para alagamentos e erosão do solo com volumes acima dos 60 mm.

Por outro lado, na faixa oeste e sul de Minas, no Rio de Janeiro e em São Paulo, são esperadas pancadas mal distribuídas e com menor intensidade, intercaladas com períodos de sol e calor.

Centro-Oeste

O tempo firme se espalha por boa parte da região, porém ainda tem alertas de chuva volumosa no norte de Goiás e de Mato Grosso por conta da ZCAS que pode gerar volumes acima dos 50 mm.

 

Nordeste

Pancadas de chuva continuam espalhadas pela Bahia, pelo sul do Piauí e pelo sul do Maranhão com forte intensidade e volumes elevados, acima dos 50 mm, devido à persistência da frente fria e da ZCAS, não se descarta o potencial para transtornos.

Nas demais áreas da região, chuvas isoladas e sem forte intensidade.

Norte

As chuvas ainda persistem sobre boa parte da região neste sábado, mas o destaque continua sendo os altos acumulados na faixa sul desde o Acre, norte de Rondônia, Amazonas, Pará até o Tocantins devido à ZCAS que pode gerar volumes entre 50 e 180 mm.

 

Por outro lado, em áreas mais ao norte da região, a expectativa é de tempo firme e ensolarado.

Domingo (28)

Sul

O domingo será marcado por pancadas de chuva em boa parte da região Sul, mesmo que rápidas e intercaladas com períodos de melhoria.

Vale ressaltar que volta a chover em boa parte do território gaúcho por conta da formação de uma área de baixa pressão atmosférica em altos níveis, mas que vai gerar apenas chuvas irregulares e sem grande intensidade.

 

Já no leste de Santa Catarina e do Paraná, são esperados volumes em torno de 10 a 30 mm por conta de um cavado.

Sudeste

Pancadas de chuva ainda se espalham pelo Sudeste, mesmo que de maneira irregular e rápida, o destaque continua sendo o maior volume no Espírito Santo e no norte de Minas Gerais por conta da ZCAS que persiste, mas vale ressaltar que o volume tende a ser menor comparado aos últimos dias.

Em grande parte de São Paulo, Rio de Janeiro e metade sul mineira, a chuva será bastante isolada e sem forte intensidade.

 

Centro-Oeste

Pouca coisa muda com relação aos últimos dias e o tempo firme deve predominar na maior parte da região, enquanto que volumes elevados ainda mantém o alerta no norte de Goiás e no norte de Mato Grosso por conta de resquícios da ZCAS.

No norte goiano, o volume pode passar dos 100mm em algumas cidades.

Nordeste

Pancadas de chuva se espalham pela maior parte da região, mas o destaque continua sendo as chuvas persistentes e volumosas entre a Bahia, sul do Piauí e sul do Maranhão por conta da ZCAS, ainda são esperados volumes entre 40 e 90 mm ao longo do dia.

 

Na porção leste entre Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, a chance de chuva é bem menor.

Norte

Chuvas ainda se espalham pela maior parte da região com exceção de Roraima, norte do Amazonas e noroeste do Pará.

O destaque vai para os altos acumulados previstos na metade sul paraense e na faixa leste do Amazonas, não se descartando o potencial para transtornos, algo que pode acontecer também de maneira mais isolada nos estados do Acre, Rondônia e Amapá.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024