facebook instagram youtube whatsapp

Saúde Sexta-feira, 20 de Outubro de 2023, 08:41 - A | A

Sexta-feira, 20 de Outubro de 2023, 08h:41 - A | A

sedentarismo

Ficar sentado por 10 horas por dia aumenta o risco de demência, diz estudo

Entre os idosos, mais tempo gasto em comportamentos sedentários foi significativamente associado a uma maior incidência de demência

Correio Brasiliense
MQF

Ficar muitas horas por dia sentado faz mal para saúde, além de estar relacionado com uma maior chance de desenvolver problemas cardíacos, obesidade, diabetes e outras doenças. A constatação vem de um estudo publicado pela revista acadêmica Jama Network, em setembro deste ano, que concluiu que pessoas que ficam sentadas por mais de 10 horas por dia correm um risco maior de desenvolver demência futuramente do que as que ficam por um tempo menor.

 

O estudo contou com a participação de 49.841 pessoas — homens e mulheres — com 60 anos ou mais, do Reino Unido. Os cientistas avaliaram o tempo que eles ficaram sentados, entre o período de seis anos. Para isso, foi necessário uma análise baseada em aprendizado de máquina de dados de acelerômetros usados diretamente no pulso.

Além disso, foi possível verificar o estado médico das pessoas durante os próximos sete anos. Para eles, se os homens e mulheres permanecem sentados durante 10 horas, o risco de desenvolverem demência nos próximos sete anos seria de 8% maior do que aqueles que ficam menos

Aqueles que passam pelo menos 12 horas sentados, os riscos aumentam, atingindo um risco 63% maior de demência. “São nesses níveis extremos de comportamento sedentário que vemos um risco muito maior de declínio cognitivo e de memória”, diz David Raichlen, professor de ciências biológicas e antropologia da Universidade do Sul da Califórnia.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 19 de Maio de 2024