facebook instagram youtube whatsapp

Polícia Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 15:39 - A | A

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 15h:39 - A | A

EM PARANATINGA

Polícia Civil esclarece latrocínio de idosa e prende autor do crime

Jovem de 18 anos roubou um celular da idosa e a matou em seguida; corpo da vítima foi encontrado após dias

Assessoria
MQF

A Delegacia de Paranatinga esclareceu o latrocínio de uma idosa, ocorrido na primeira quinzena deste mês, e cumpriu a prisão do autor do crime. O corpo de Antônia Gonçalves de Queiroz, de 73 anos, foi encontrado já em estado de decomposição, dentro da residência dela no dia 15 de janeiro.

Vizinhos acionaram a polícia após sentir um forte odor vindo da casa da idosa. Após a perícia técnica no local foi constatado que a vítima morreu em decorrência de ação criminosa, uma vez que havia um ferimento no pescoço causado por objeto cortante.

Durante as diligências realizadas pela equipe da Delegacia de Paranatinga foi apurado que um aparelho celular da vítima, que tinha sido adquirido recentemente por dona Antônia, não foi encontrado na casa, e o crime passou a ser apurado como roubo seguido de morte.

Na terça-feira, (23.01), a Polícia Militar deteve em flagrante um suspeito por tráfico de drogas e durante o procedimento de flagrante na delegacia foi constatado que o aparelho da idosa estava com ele, inclusive, com a instalação de redes sociais já instaladas em nome dele, que havia reconfigurado o celular.

Imagens de câmera de segurança nas imediações da residência mostraram que no dia 06 de janeiro, o suspeito foi visto entrando na residência da idosa e permaneceu no local por alguns minutos. Confrontado com as informações reunidas pela Polícia Civil, W.M.B. , de 18 anos, confessou o crime e descreveu a ação criminosa que terminou com o latrocínio da idosa.

Ouvido em depoimento, o autor do crime alegou que foi à residência da idosa para pedir emprestada uma caixa de som e, diante da negativa, ele viu um celular novo e ao tentar pegar o aparelho, a idosa reagiu e foi esfaqueada pelo suspeito. Depois, ele trancou a residência e levou a chave consigo, que jogou em um terreno. “Ele aproveitou-se da vulnerabilidade da vítima, tanto pela idade quanto pelo fato de residir sozinha”, acrescentou o delegado Gabriel Conrado.

O autor do latrocínio já respondeu anteriormente, quando ainda era menor de idade, por ato infracional análogo a homicídio no mesmo município.

“A equipe de policiais civis da delegacia trabalhou incansavelmente, desde o primeiro instante quando fomos acionados, para esclarecer esse crime bárbaro e chegar à a autoria e motivação”, acrescentou o delegado de Paranatinga.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 23 de Julho de 2024