facebook instagram youtube whatsapp

Política Sexta-feira, 02 de Fevereiro de 2024, 15:25 - A | A

Sexta-feira, 02 de Fevereiro de 2024, 15h:25 - A | A

emenda de Maysa

Câmara garante prioridade em auxílio às vítimas de violência

Assessoria
MQF

A Câmara Municipal de Cuiabá derrubou o veto do prefeito Emanuel Pinheiro na Sessão Ordinária desta sexta-feira (02.02), acompanhando o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) pela rejeição do veto do Executivo na emenda da vereadora Maysa Leão (Republicanos), que garante prioridade às ‘mais vulneráveis’ no auxílio aluguel às mulheres vítimas de violência doméstica.
 
“Essa emenda não exclui como estão tentando dizer nos bastidores nenhuma mulher. Ela somente cria uma prioridade para mulheres mães de múltiplos filhos e mães de crianças PCD’S. Prioridade para as mulheres mais vulneráveis”, relatou a vereadora Maysa no parlamento.
 
A emenda da vereadora Maysa prioriza a concessão do auxílio para as mulheres em situação de vulnerabilidade que possuam dois ou mais filhos menores de 5 anos e/ou com filhos com deficiência. Com 19 votos, a Câmara de Cuiabá derrubou a mensagem do executivo que vetava essa prioridade.
 
“Nós havíamos aprovado essa emenda com 19 votos, e agora o prefeito de Cuiabá tenta ignorar o papel desta casa que está muito mais próxima à população” disse Maysa ao falar sobre o veto do Alencastro. O texto agora segue para promulgação.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024