facebook instagram youtube whatsapp

Política Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2023, 15:25 - A | A

Quarta-feira, 27 de Dezembro de 2023, 15h:25 - A | A

recursos parados

Wellington Fagundes sugere rotas alternativas para Chapada

Wellington Fagundes lembra que período é de grande movimento na cidade

Assessoria
MQF

Quem programou o réveillon em Chapada dos Guimarães pode buscar rotas alternativas para chegar até a cidade e não cancelar, assim, a programação. A sugestão é do senador Wellington Fagundes, que vem acompanhando com apreensão a situação do Portão do Inferno, na MT-251, que liga Cuiabá ao município e que registra deslizamentos de terra há quase uma semana, levando ao bloqueio parcial ou total da rodovia.

O senador aproveita para lembrar que a situação da rodovia poderia ter sido evitada com a aplicação de recursos que viabilizou junto ao governo federal no valor de R$ 18 milhões. O projeto prevê a duplicação de vários trechos da rodovia e a implantação de infraestrutura de turismo na região. “Mas enfrentamos a negativa do ICMBio, responsável pela gestão do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, e corremos o risco de perder esses recursos”, lamenta.

O período de fim de ano é considerado um dos melhores momentos para o turismo local, quando milhares de pessoas sobem a serra para as festividades. A prefeitura local organizou uma programação que inclui shows com cantores nacionais. Já a rede hoteleira e os restaurantes apresentam alta lotação, como acontece todos os anos.

A rota alternativa sugerida inclui a BR-163 até a Serra de São Vicente, passando por Campo Verde até chegar a Chapada dos Guimarães e vice-versa.

O prefeito de Chapada dos Guimarães, Osmar Froner, lembra que o bloqueio também obriga a prefeitura a buscar rotas alternativas para o transporte de pacientes que precisam fazer hemodiálise em Cuiabá, além do deslocamento de outros pacientes e pessoas que precisam fazer o trajeto todos os dias ou várias vezes na semana.

Ele sugere uma intervenção mais concreta e definitiva na rodovia a partir do ano que vem para evitar novas situações como a registrada neste ano e lamenta a não utilização dos recursos viabilizados pelo senador Wellington Fagundes. “Se não for possível aplicá-los na rodovia, que sejam utilizados em outras obras importantes na cidade”, sugere.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 20 de Julho de 2024