facebook instagram youtube whatsapp

Saúde Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024, 15:59 - A | A

Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2024, 15h:59 - A | A

VACINAÇÃO

Sarampo: por que Brasil não tem casos enquanto mortes aumentam no mundo?

O país vê a taxa de vacinação aumentar e não registra novas infecções desde 2022. Enquanto isso, a Europa passa por uma grande onda de contágios.

Correio Braziliense
MQF

O Brasil vive uma certa calmaria quando o assunto é sarampo.

Segundo o Ministério da Saúde, não foram registrados novos casos da doença desde 2022, e a cobertura vacinal subiu mais de 10% nos últimos dois anos.

Em outras partes do mundo — como a Europa e alguns lugares dos Estados Unidos — a situação é oposta: há uma crescente onda de casos e até de mesmo mortes.

Houve um aumento de 45 vezes no número de infecções pelo vírus nos países europeus.

A situação epidêmica fez a Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido classificar o sarampo como um "incidente nacional".

Mas o que explica essa diferença?

E o que o Brasil precisa fazer (ou continuar fazendo) para evitar que a situação do sarampo também piore no país?

O que acontece na Europa

Em dezembro do ano passado, o escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Europa classificou o aumento de casos de sarampo no continente como "alarmante".

Em 2023, essa região registrou 42,2 mil novas infecções por este vírus. No ano anterior, haviam sido menos de mil casos.

A OMS aponta que a taxa de novos pacientes acelerou recentemente — e deve continuar a subir se "medidas urgentes não forem tomadas para prevenir o espalhamento futuro".

Como citado no início da reportagem, a Agência de Segurança em Saúde do Reino Unido classificou a emergência do sarampo como um "incidente nacional".

Um artigo publicado pelo periódico acadêmico Nature relaciona este cenário à queda nas taxas de vacinação nos países europeus.

"Cerca de 85% das crianças britânicas com menos de cinco anos receberam as duas doses da vacina tríplice viral", aponta o texto.

Continue lendo:

https://www.correiobraziliense.com.br/mundo/2024/02/6803037-sarampo-por-que-brasil-nao-tem-casos-enquanto-mortes-aumentam-no-mundo.html

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024