facebook instagram youtube whatsapp

Economia Terça-feira, 30 de Janeiro de 2024, 15:51 - A | A

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2024, 15h:51 - A | A

MERCADO DE TRABALHO

Brasil criou 1,4 milhão de empregos formais em 2023, aponta Caged

O maior crescimento de emprego formal ocorreu no setor de serviços, com um saldo de 886.256 postos de trabalho, uma alta de 4,4%

Rafaela Gonçalves/Correio Braziliense
MQF

O Brasil criou 1.483.598 vagas de empregos com carteira assinada em 2023, mesmo com o registro de 430.159 postos de trabalho fechados em dezembro. Segundo os dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (30/1) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, apesar de positivo, o saldo anual foi o segundo menor desde 2020, ano da pandemia da covid-19, quando o total ficou negativo em 191 mil postos de trabalho.

O saldo acumulado foi resultado de 23.257.812 admissões e 21.774.214 desligamentos. Do total, 255.383 (17,2%) são caracterizados como não típicos, com predominância de trabalhadores com menos de 30 horas e intermitentes.

O maior crescimento do emprego formal ocorreu no setor de serviços, com um saldo de 886.256 postos de trabalho, uma alta de 4,4%. Os principais destaques foram informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (380.752) e administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (204.859).

 

Continue lendo:

https://www.correiobraziliense.com.br/economia/2024/01/6795035-brasil-criou-14-milhao-de-empregos-formais-em-2023-aponta-caged.html

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024