facebook instagram youtube whatsapp

Geral Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024, 09:26 - A | A

Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024, 09h:26 - A | A

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

“O cardápio servido na minha escola tem gostinho de comida de mãe”, destaca estudante

O menu variado, preparado por nutricionistas, promove hábitos alimentares saudáveis aos mais de 320 mil estudantes da rede estadual

MQF com Assessoria

Estudantes da Escola Estadual Pascoal Moreira Cabral, localizada no bairro Recanto dos Pássaros, em Cuiabá, têm elogiado a qualidade do cardápio da alimentação escolar oferecida pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT). Com mais de 1.200 estudantes divididos em 40 turmas, a escola oferece três refeições diárias que são descritas como tendo o sabor da “comida de mãe”.

Rafaela de Jesus, de 16 anos, do 2º ano do ensino médio, é uma das estudantes que elogia o cardápio da alimentação na escola. Convicta, ela contou: “Os pratos servidos na minha escola têm o gostinho de comida de mãe. Vemos que tudo é feito com carinho e isso me deixa muito satisfeita. Além do lanche de entrada, almoço na escola e saio satisfeita quando vou para a empresa onde trabalho no período da tarde”.

A estudante, também do 2º ano, Pamela de Laura Inácio, 16 anos, enfatizou sobre o cardápio diversificado e garante que não fica um dia sem comer. "O sabor da comida das tias da cozinha é excelente e parece que estou comendo em casa”. Ela considera a alimentação escolar importante tanto para manter o corpo ativo quanto para a mente ficar tranquila. “Com fome não dá para estudar, né? ”, brincou.

A opinião das estudantes soa como reconhecimento para a técnica em alimentação escolar, Tânia Martes da Silva, que trabalha há 12 anos na EE Pascoal Moreira Cabral. “Tudo começa com o cardápio diferenciado e selecionado por nutricionistas”, falou, enquanto servia a alimentação principal aos estudantes do período matutino.

Ela completou contando sobre o menu de cada dia, que é elaborado com base em temperos naturais, respeitando os componentes nutricionais e promovendo hábitos alimentares saudáveis aos estudantes. “Esse modelo de alimentação na escola, que é bem melhor do que o de anos atrás, trouxe mais qualidade ao cardápio e facilidade na preparação da comida, acredito”.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, disse que a alimentação escolar desempenha um papel fundamental na vida de muitos estudantes em situação de vulnerabilidade social, pois garante inclusão social, sendo a única refeição completa e balanceada do dia para muitos deles.

Conforme Alan, nas escolas com três turnos, são oferecidas três refeições diárias, enquanto nas unidades de tempo integral são oferecidas quatro refeições diárias. Nas escolas agrícolas de tempo integral, a alimentação vai à mesa cinco vezes diariamente.

“Com alimentação variada e de qualidade, nossos estudantes se desenvolvem melhor, além de apresentarem melhor aprendizagem e rendimento escolar”, explicou.

Segundo ele, o investimento do Governo de Mato Grosso na alimentação escolar demonstra o compromisso com a educação e o bem-estar dos estudantes, proporcionando refeições balanceadas e mais saborosas.

O Estado investirá em torno de R$ 160 milhões na alimentação escolar para o ano letivo de 2024 nas 647 escolas da rede. No ano passado, o investimento foi de R$ 150,5 milhões. “Tivemos um aumento de recursos da ordem de R$ 9,5 milhões para este ano”, finaliza o secretário.

EducAção 10 Anos

A política Alimentação Escolar é uma das 30 políticas educacionais desenvolvidas pela Seduc, que compõem o Plano de EducAção 10 anos. O objetivo do plano é posicionar a Rede Estadual de Ensino entre as mais bem avaliadas do país até 2032.

O plano de alimentação dos mais de 320 mil estudantes das 647 escolas da rede estadual inclui cardápios elaborados por nutricionistas, universalização do atendimento, educação alimentar e nutricional, e apoio à agricultura familiar.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 14 de Julho de 2024