facebook instagram youtube whatsapp

Polícia Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2023, 11:38 - A | A

Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2023, 11h:38 - A | A

HOMICÍDIOS EM RONDONÓPOLIS

Após investigação da Polícia Civil, PM é preso e outro policial está foragido

Equipe da PJC está na busca para prender o segundo acusado, que é um policial do Bope

Assessoria
MQF

A Polícia Judiciária Civil já está na captura para prender o segundo acusado de homicídios em Rondonópolis, trata-se do policial militar Elder José da Silva, do Bope. Os mandados de prisão foram expedidos na manhã desta sexta-feira, dia 29, pela Justiça Estadual.

O policial Cássio Teixeira Brito já está preso no Comando Regional de Rondonópolis. A prisão ocorreu assim que a PM foi informada da expedição dos mandados. O policial estava no Comando Regional, fazendo a troca de plantão, quando ocorreu a prisão.

Toda a investigação para chegar até os acusados foi conduzida pelo delegado Regional de Rondonópolis, qual está respondendo também pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Thiago Damasceno.

Entenda o caso

No dia 27 de dezembro, última quarta-feira, dois moradores em situação de rua foram mortos por dois homens em uma caminhonete de luxo. Eles estavam deitados na calçada quando foram alvejados. Outras duas pessoas também ficaram feridas. O crime ocorreu na frente do Centro de Atendimento à População em situação de rua.

Assim que foram informados dos crimes, a PJC iniciou o processo de investigação que culminou com a identificação dos suspeitos. A polícia foi informada que um homem havia dado entrada em um Hospital com um tiro no pé. Ao chegar no local, os dois suspeitos estavam na unidade de saúde e informaram que foi um tiro acidental, que o próprio policial do Bope disparou em si mesmo.

A partir desse momento, os investigadores começaram a checar as informações e descobriram a participação dos mesmos nos homicídios. Em menos de 24 horas, o caso já estava elucidado pelas autoridades com o pedido de prisão dos envolvidos.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 19 de Maio de 2024