facebook instagram youtube whatsapp

Agronegócio Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2024, 11:16 - A | A

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2024, 11h:16 - A | A

Plano Safra 2024/25

Neri Geller busca diálogo com ruralistas e cogita redução de juros de crédito

Roger Perisson - MQF

O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, vislumbra a possibilidade de redução dos juros do crédito rural no próximo Plano Safra (2024/25). Em entrevista ao Valor, ele destacou a tendência de queda na taxa Selic, abrindo espaço para discutir a redução das taxas de juros, criticando as alíquotas praticadas nas últimas temporadas.

Geller, recentemente nomeado após reversão de cassação pelo TSE, expressou sua intenção de contribuir para a reaproximação com o setor produtivo. Ele enfatiza a importância do diálogo com a Frente Parlamentar da Agropecuária e outros grupos ideológicos, buscando pacificar as relações.

O secretário também planeja criar novos mecanismos de financiamento privado para o crédito rural, ampliar o orçamento para programas específicos do Plano Safra e fortalecer investimentos em setores estratégicos como armazéns e inovação no campo. Além disso, Geller destaca a necessidade de equalizar as taxas para o médio produtor, conectando o setor agrícola em um ecossistema capaz de atender diferentes tamanhos de produtores.

Ele propõe avançar na regulamentação da linha dolarizada para custeio agropecuário e na expansão dos Adiantamentos sobre Contratos de Câmbio (ACCs). Geller destaca a importância de trazer as taxas de juros para patamares que proporcionem segurança ao setor.

A subvenção ao seguro rural é outra prioridade, com a proposta de ampliar o acesso a mais seguradoras para os produtores, buscando dar previsibilidade e transparência ao processo de contratação das apólices. Geller também mira recursos destinados ao Proagro para fortalecer o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural.

Por fim, o secretário assegura uma abordagem cautelosa na política agrícola, evitando aventuras como a formação de grandes estoques públicos ou a intenção de armazenar carne.

 

Com informações do Globo Rural

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 23 de Julho de 2024