facebook instagram youtube whatsapp

Geral Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 15:49 - A | A

Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 15h:49 - A | A

inédito

Primeira-dama de MT apresenta SER Família e SER Família Indígena na COP 28

Virginia Mendes é a única primeira-dama na história a ser convidada para falar dos programas sustentáveis idealizados por ela em MT

Assessoria
MQF

A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, apresentou os programas SER Família Indígena e SER Família Mulher, em um painel durante a COP 28, nesta segunda-feira (04.12), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

Virginia é a única primeira-dama convidada a falar de programas sustentáveis de Mato Grosso em uma COP e é madrinha dos povos indígenas. Os programas foram idealizados por ela e são executados pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania.

A apresentação durante o painel "Empoderamento dos povos indígenas: uma jornada de equidade de gênero e turismo sustentável" e também contou com a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania, Grasi Bugalho.

"O grande diferencial do programa SER Família é o envolvimento das primeiras-damas dos municípios de Mato Grosso, pois elas conseguem mobilizar o necessário para alcançar realmente aquelas famílias que mais precisam. E o SER Família Indigena tem o grande objetivo de reconhecer e atender às especificidades culturais e necessidades de cada comunidade", afirmou a primeira-dama.

Ela destacou ainda que os programas buscam o empoderamento das mulheres e dos povos indígenas, dando o suporte necessário para que tenham voz ativa e possam superar as vulnerabilidades e desafios.

"As mulheres têm um papel crucial nas decisões e na implementação do programa, para que sejam incentivadas ao empreendedorismo, com apoio, recursos e oportunidades para aprimorar suas habilidades comerciais, garantindo independência econômica. Outra defesa que fazemos é de penas mais duras contra agressores e a violência doméstica, para que as vítimas fiquem de fato protegidas e totalmente atendidas", asseverou.

"Já o SER Família Indígena busca promover o desenvolvimento sustentável nas comunidades alinhando-se aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU para aprimorar o acesso à educação, saúde, oportunidades econômicas e preservação do patrimônio cultura", completou Virginia Mendes.

Durante a apresentação, a secretária de Assistência Social pontuou que os programas foram desenvolvidos com o grande objetivo de atender as especifidades e diminuir as desigualdades sociais.

"Em Mato Grosso, os índices de desigualdades ainda são um desafio a ser superado. O governo já investiu R$ 1 bilhão no social e esse investimento é uma forma de atender aos vulneráveis e também incentivar a capacitação e empreendedorismo para que possam buscar o próprio desenvolvimento", disse Grasi.

No caso do SER Família, as mulheres são incentivadas a buscar cursos de qualificação, por meio do SER Família Capacita, e também são atendidas de forma transversal em diversas outras áreas, como o empreendedorismo com abertura de linhas de crédito pela Desenvolve MT, auxílio moradia e atendimento psicológico e social.

Já o SER Família Indigena atende as comunidades com a transferência de renda e segurança alimentar, promovendo autonomia aos povos.

Também participaram do painel o cacique da aldeia Wazare, Rony Paresi, e sua esposa Valdirene, e o diretor técnico do Sebrae, André Schelini. Além da embaixatriz da Síria, Cláudia Abbas, da presidente do Conselho de Mulheres de Negócios dos Emirados Árabes Unidos, Farida Kamber Al Awadhi, e da Relações Públicas da ONU, Anna Rosenberg.

Delegação de MT

Fazem parte da comitiva mato-grossense os indígenas Andriele Nezokenazokero, Alex Onaezokemae, Valdirene Zakenaezokero, Dejanira Quero, Pedro Paulo Onaezokemae e Ivo Zokenazokemae.

E também os deputados estaduais Paulo Araújo e Max Russi, a prefeita de Jaciara, Andreia Wagner, o prefeito de São José do Xingu, Dr. Sandro, e a primeira-dama do município, Suelen Rodrigues, o procurador-geral de Contas, Alisson Alencar, os secretários de Estado Mauren Lazaretti (Meio Ambiente), Grasielle Bugalho (Assistência Social e Cidadania) e César Miranda (Desenvolvimento Econômico), o presidente do Instituto Mato-grossense da Carne, Caio Penido e o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso, Silvio Rangel.

A primeira-dama Virginia Mendes custea todas as despesas da viagem com recursos próprios.

O hub Equity Lounge onde ocorreu a apresentação é uma parceria do Governo de Mato Grosso, por meio da MT Par e Desenvolve MT, com a Marfrig, Amaggi e Sebrae.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 17 de Junho de 2024