facebook instagram youtube whatsapp

Política Quarta-feira, 20 de Setembro de 2023, 08:19 - A | A

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2023, 08h:19 - A | A

celeiro dE produção

Dados do IBGE colocam Mato Grosso como celeiro do país, celebra Carvalho Junior

Agência Senado
MQF

O senador Mauro Carvalho Junior (União-MT) comemorou, em pronunciamento nesta terça-feira (19), dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que colocam, segundo ele, o Mato Grosso como celeiro da produção no país. Ele ressaltou que o estado é responsável por mais de 30% da produção nacional de soja, milho e algodão, e tem seis cidades no ranking dos maiores produtores: Sorriso, Campo Novo do Parecis, Sapezal, Nova Ubiratã, Nova Mutum e Diamantino.

O senador destacou que o Brasil continua sendo predominantemente urbano, mas que são do campo que saem as riquezas responsáveis pela "tão almejada segurança alimentar global". No ano passado, de acordo com o parlamentar, a safra brasileira bateu recorde com mais de 260 milhões de toneladas.

— Cabe a nós o desafio de olhar para esse estado de uma maneira mais atenciosa e carinhosa, pois, se somos um dos principais fornecedores de alimentos do mundo, não tenho dúvidas de que temos a obrigação de apoiar esse estado no que se refere, principalmente, à nossa logística — disse.

Carvalho Junior afirmou que, como Secretário da Casa Civil do estado, na gestão do governador Mauro Mendes, participou de processos de licitação e que foram entregues mais de 2,5 mil quilômetros de asfalto em quatro anos. O senador lembrou também da importância do investimento no meio ferroviário para "desafogar a via terrestre". 

— Quero ressaltar que a primeira ferrovia estadual deste país é no estado de Mato Grosso, a Ferronorte. Por isso, peço a cada um que não vire as costas para esses dados divulgados pelo IBGE. Mato Grosso precisa e tem tudo para continuar sendo o celeiro do mundo, mas precisamos, logicamente, de muita ajuda.

Fonte: Agência Senado

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 22 de Maio de 2024