facebook instagram youtube whatsapp

Política Terça-feira, 24 de Outubro de 2023, 10:37 - A | A

Terça-feira, 24 de Outubro de 2023, 10h:37 - A | A

PROGRAMA BID PANTANAL

Mapa anuncia recursos para ampliação do saneamento básico em Várzea Grande

Assessoria
MQF

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, anunciou mais uma ação do programa BID Pantanal para Várzea Grande. O foco é o saneamento básico no município, que hoje apresenta 29% de cobertura e 18% de tratamento de esgoto. A ação soma-se aos projetos já apresentados pelo município e aprovados pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

“Várzea Grande, que já estava contemplada no BID Pantanal, tem um pleito muito relevante com relação a saneamento básico. A baixa cobertura do saneamento polui o Rio Cuiabá e o nosso Pantanal e encaixa na proposta do programa”, contextualiza o ministro.

Fávaro acrescenta que “a ideia é levar para em torno de 70% de saneamento, tratar o lodo disso como fertilizante biológico. Será um projeto inovador para o Brasil sendo feito em Várzea Grande”.

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, entende que o tratamento de esgoto é muito importante, até pra salvar o Rio Cuiabá. “É uma demanda que requer esforço da classe política. E assim foi conquistado, através do ministro Fávaro, com a maior sensibilidade do mundo. A gente só tem a agradecer”.

Participaram da reunião que discutiu a inserção do saneamento de Várzea Grande no BID Pantanal, além do prefeito e sua equipe técnica, os deputados estaduais Wilson Santos, Júlio Campos e Fábio Tardin e a Superintendência de Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (SFA-MT).

Outros projetos - Além da melhoria no saneamento básico, Várzea Grande terá nove projetos submetidos juntamente com projetos dos demais 11 municípios que deverão ser contemplados pelo BID Pantanal. As cadeias produtivas e os temas que deverão ser beneficiados em Várzea Grande são pecuária leiteira, mel, hortifrutigranjeiros, peixe, turismo, composto orgânico, ovos caipira e infraestrutura de acesso.

No momento, está sendo montada carta consulta a ser apresentada ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos totais do BID Pantanal devem ser de R$ 2 bilhões para os dois estados que possuem o bioma, sendo R$ 1 bilhão para Mato Grosso e outro R$ 1 bilhão para Mato Grosso do Sul.

A expectativa é de que a carta seja entregue ao banco no início de 2024 e que, caso aprovado, o programa já tenha recursos financeiros liberados no segundo semestre do próximo ano. Em Mato Grosso, os municípios a serem beneficiados são Acorizal, Barão de Melgaço, Cáceres, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Rosário do Oeste, Santo Antônio de Leverger e Várzea Grande.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 25 de Maio de 2024