facebook instagram youtube whatsapp

Política Terça-feira, 10 de Outubro de 2023, 08:34 - A | A

Terça-feira, 10 de Outubro de 2023, 08h:34 - A | A

R$ 87,6 milhões

Mauro Mendes e ministro Flávio Dino assinam parceria para investimentos na Segurança Pública de MT

Recursos serão usados na conclusão de Centro de Formação, no antigo COT do Pari, implantação da Casa da Mulher Brasileira, entre outras ações

Assessoria
MQF

O governador Mauro Mendes e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, assinaram seis termos de parceria, nesta segunda-feira (09.10), para investimentos de R$ 87,6 milhões em projetos e ações da Segurança Pública de Mato Grosso. Os acordos firmados em cerimônia no Palácio Paiaguás, em Cuiabá, fazem parte do Plano de Ação na Segurança (PAS) e do Programa Nacional de Segurança Pública e Cidadania (Pronasci 2). 

O principal acordo destina R$ 15 milhões para concluir a obra do Centro Oficial de Treinamento (COT) do Pari, em Várzea Grande, previsto para a Copa do Mundo de 2014, e transformá-lo em Academia Integrada da Segurança Pública. O espaço de 10 mil metros quadrados será destinado à formação, capacitação e treinamento dos servidores que atuam nas forças de segurança de Mato Grosso. 

O governador Mauro Mendes destacou que o COT será a última obra da Copa do Mundo de 2014 a ser retomada no Estado e que o objetivo é construir um importante centro de treinamento das forças de segurança no local.

“O Centro de Treinamento é a última obra da Copa. A última daquelas tantas que ficaram paralisadas, e foi uma verdadeira romaria para que a gente desatasse todos os nós e pudéssemos transformar aquele local, que começou a ser construído. Lá tem uma arquibancada, campo, pista de treinamento. Estamos adaptando e queremos construir um dos mais expressivos centros de treinamento das forças de segurança”, afirmou.

No evento, também foi assinado um termo para o repasse de R$ 35,3 milhões ao Governo do Estado para ações de políticas voltadas à segurança pública.

O ministro Flávio Dino declarou que essas parcerias são fundamentais para o combate à violência e as organizações criminosas e, em Mato Grosso, segundo ele, é preciso fortalecer a segurança na fronteira.

"A boa notícia, governador, é que vamos seguir ampliando. Mato Grosso faz parte do Programa Amazônia Mais Segura. O senhor governador tem muitos créditos conosco e vai receber mais equipamentos, sobretudo, para esse tema das fronteiras, com helicópteros, viaturas armamentos, fruto desse programa Amazônia Mais Segura, que ainda virei aqui lançar, e a outra preocupação relativa às fronteiras é sobre o tráfico internacional. Precisamos descapitalizar as organizações criminosas e isso passa pelo combate firme ao tráfico internacional de drogas e Mato Grosso é estratégico para isso", ressaltou. 

Mato Grosso também recebeu 30 viaturas, 12 caminhonetes e 18 veículos de radiopatrulhamento, 116 pistolas, 235 fardas de policiamento rural, nove drones, além de materiais de suporte e proteção individual, que totalizam cerca de R$ 9 milhões. Foram destinados também R$ 2,9 milhões ao Programa Escola Segura, cujo objetivo é investimento em prevenção à violência, rondas, qualificação de profissionais da área de segurança, pesquisas e monitoramento cibernético.

No âmbito do programa Viver Mulher Sem Violência, houve também assinatura do termo de cooperação técnica para a implantação da Casa da Mulher Brasileira, em Cuiabá, envolvendo estudos, pesquisas, protocolos articulados, promoção de mecanismos de governança, e aquisições voltadas ao enfrentamento da violência contra mulheres e meninas em todo estado. O recurso destinado é de R$ 17 milhões.

Com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), por intermédio da Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso, o ministro assinou termo de cooperação voltado à educação profissional no campo da política sobre drogas, e gestão de ativos, através da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas e Gestão de Ativos.

O secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), coronel César Roveri destacou o investimento de mais de R$ 1 bilhão feito pelo Governo do Estado desde o começo da gestão, em 2019. Enfatizou ainda que a assinatura dos termos de cooperação com o Governo Federal irá contribuir ainda mais com o fortalecimento das forças de segurança de Mato Grosso.

“São investimentos constantes. O governador Mauro Mendes já destinou mais de R$ 1 bilhão para as forças de segurança desde o seu primeiro mandato, e esses investimentos continuam. Hoje damos um passo importante na continuidade desses investimentos, agora em parceria com o Governo Federal, em que rebemos recursos substanciais, equipamentos, viaturas, que irão reforçar não somente a fronteira, mas todo estado de Mato Grosso. Essa integração do Governo Federal com o Governo Estadual também é muito importante e nós continuamos com esse caminho, liderado pelo governador Mauro Mendes e capitaneado pelos nossos senadores, todos conosco nesta parceria buscando investimentos desde o começo do ano”.

No evento, o senador Jayme Campos enfatizou que o governador Mauro Mendes tem feito um esforço sobrenatural para atender as demandas do estado.

"O Estado vinha de uma crise sem procedência e hoje melhorou, não só com equipamento, viaturas, armamentos, mas também dando um salário melhor, mais digno, condições de trabalho que é muito importante para o cidadão que faz a segurança deste estado”, declarou.

A senadora Margareth Buzetti apontou o avanço nos índices da área da segurança pública de Mato Grosso. “Sabemos que a segurança pública é um desafio em todo Brasil, mas aqui no estado a gente tem declínio de homicídios, de assassinatos, inclusive de feminicidio, que é uma das coisas que eu como mulher, mais me preocupa. Eu fico pensando que a sentença de morte existe sim e para as mulheres. O homem sentencia, executa e a gente não tem muito o que fazer. Eu vejo o governador Mauro Mendes aparelhando a Segurança Pública e ministro está aqui fazendo isso. Isso nos deixa feliz porque não tem outra forma senão combatendo a violência”, pontuou.

Também participaram do evento o secretário nacional de Segurança Pública, Tadeu Alencar; a coordenadora do Pronasci, Tamires Sampaio; secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Gárcia; coordenadora de atenção as mulheres e grupos vulneráveis da Secretaria Nacional de Poltícias Penais, Raisse Araújo; secretário-adjunto de Administração Penitenciária de Mato Grosso, Jean Gonçalves; deputados estaduais Max Russi, Lúdio Cabral e Valdir Barranco, e a vereadora Edna Sampaio.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 19 de Maio de 2024