facebook instagram youtube whatsapp

Opinião Quarta-feira, 01 de Novembro de 2023, 09:32 - A | A

Quarta-feira, 01 de Novembro de 2023, 09h:32 - A | A

LUCY MACEDO

Virginia Mendes mostra que lugar de mulher é também na política

Lucy Macedo
MQF

Sob o comando da primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, quase quatro mil mulheres se filiaram ao União Brasil em evento nesta segunda-feira, 30 de outubro, no Hotel Fazenda, em Cuiabá.

Mostrando a inquietude de uma mulher que não deixa, por nada, se abater pela série de procedimentos médicos contínuos que precisa fazer, Virginia revela a liderança de uma primeira-dama que está muito para além da esposa de um governador e do cargo que ocupa como presidente de honra do União Brasil Mulher em Mato Grosso.

Idealizadora da mobilização, Virginia tem mostrado a que veio, apontando a necessidade de que ocorra, de fato, na ambiência política, a famosa “paridade de armas”.

É necessário que ocorra, na prática, a igualdade entre homens e mulheres e, assim, que cresça substancialmente a presença feminina nos espaços de poder. Espaço, aliás, onde todas as decisões são, ao final, tomadas e transformadas em alternativas políticas e públicas.

Sem esconder que se apaixonou pela política, ao lutar ao lado do marido em diversas quedas de braço eleitorais, Virginia admitiu que as ações realizadas por ela neste espaço de poder, contribuíram enormemente para ajudar milhares de pessoas por meio dos programas oriundos do Ser Família.

Ao que parece, pelo menos no evento que comandou com liderança e destreza, ela vai continuar a surpreender.

O que move Virginia chega a ser difícil enumerar ou conceituar, pois seriam narrativas incompletas de uma mulher que, na pandemia e no final dela, já havia contraído a doença algumas vezes. Que foi internada várias vezes por conta da saúde frágil, nunca se sentiu impedida de visitar inúmeras aldeias indígenas, onde é conhecida como uma 'madrinha de alma gigante', ou ainda de abraçar mulheres e crianças em grandes eventos.

Além de, diariamente, inserir no Ser Família mais uma ação e programa em favor das pessoas que vivem em vulnerabilidade.

Conhecida nas redes sociais pelo amor à família e pela defesa exaustiva contra o aborto, a primeira-dama ganhou respeito não só de seus milhares de seguidores, como de amigos e colaboradores.

Sobretudo, Virginia tem imenso orgulho de sua trajetória de vida. Ao lembrar que é filha adotiva e que só pode atuar hoje em suas ações sociais porque, mesmo que a mãe não a tenha criado, não a abortou.

Também mostra sua defesa da vida ao apontar sua filha caçula, Maria Luiza, como fruto de adoção e revelar que os outros dois filhos - Luiz Antônio Mendes e Ana Carolina -, já mostraram desejo de igualmente adotarem uma criança, após o casamento.

O certo é que para nós mulheres, que lutamos às duras penas para quebrar estigmas, invisibilidade, e uma sociedade estruturalmente machista que acredita que nossos corpos não passam de território masculino, ver a liderança de uma mulher que de frágil não tem nada, é uma inspiração.

Prova disto é que no evento que comandou, a sensação é que pela primeira vez na ambiência política de Mato Grosso, os homens estavam na festa apenas como convidados. E, na verdade, não teve um que não admitiu isto.

 

*Lucy Macedo é advogada e empresária de comunicação.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 19 de Maio de 2024