facebook instagram youtube whatsapp

Política Quarta-feira, 04 de Outubro de 2023, 08:59 - A | A

Quarta-feira, 04 de Outubro de 2023, 08h:59 - A | A

comerciantes respiram aliviados

Após reunião no Paiáguas ficou definido que o BRT não passará pela Av. Couto Magalhães

Da Redação
MQF

Em uma reunião realizada na última segunda-feira (2),  com o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil), prefeito Kalil Baracat (MDB), deputado estadual Fabinho (PSB) e vereadores do município, foi acordado que o modal não passará mais pela Avenida Couto Magalhães. Foi decidido que o sistema de transporte rápido por ônibus (BRT) será implementado inicialmente do Aeroporto Marechal Rondon, passando pela Av. Governador Ponce de Arruda e, em seguida, pela Av. da Feb, que faz a ligação com a capital Cuiabá.

Essa decisão trouxe alívio aos comerciantes da Couto Magalhães, que estavam apreensivos devido às obras de implantação do antigo VLT, que causaram transtornos na Av. da Feb no passado. Agora, com a escolha do BRTcomo solução de transporte público, espera-se uma melhoria significativa na mobilidade urbana da região, além de benefícios para o comércio local.

De imediato o governo do Estado alterou o cronograma das obras na avenida, pautada para setembro e optou por fazer novos estudos. 

O cronograma inicial das obras do BRT, lançadas ainda no início do ano o traçado do modal em Várzea Grande iniciaria no antigo terminal do VLT percorreria a Avenida da FEB, passaria para Cuiabá e ao retornar, passaria pela Avenida Couto Magalhães e começaria as obras ainda em setembro, o que não ocorreu.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 22 de Maio de 2024