facebook instagram youtube whatsapp

Política Domingo, 29 de Outubro de 2023, 13:05 - A | A

Domingo, 29 de Outubro de 2023, 13h:05 - A | A

MT ILUMINADO E RECURSOS PRÓPRIOS

Várzea Grande já instalou 30 mil lâmpadas em LED e vai avançar para mais 23 mil até final de 2024

Assessoria

Várzea Grande completa neste mês de outubro a troca de 20 mil lâmpadas em LED para as principais regiões, ruas e avenidas da segunda maior cidade de Mato Grosso em parceria com o Governo do Estado através do Programa MT iluminado que contempla todas as 141 cidades de Mato Grosso.

Essas 20 mil lâmpadas se somam a outras 10 mil lâmpadas em LED que a própria Prefeitura de Várzea Grande através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, com recursos da Contribuição de Iluminação Pública - CIP, cobrada nas contas de energia elétrica pagas por consumidores privados e pelo próprio Poder Público, seja ele federal, estadual ou municipal, utiliza para manter a iluminação em ruas, avenidas e logradouros públicos em Várzea Grande, que segundo dados do último Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, superou os 300 mil habitantes. “Além de apoio do governo do Estado que está permitindo um investimento desta envergadura em Várzea Grande e nas demais cidades de Mato Grosso, a Administração Municipal tem utilizado seus recursos para ampliar ainda mais o número de ruas e avenidas atendidas com lâmpadas em LED, visando uma melhor qualidade de vida para as pessoas”, frisou o prefeito Kalil Baracat, sinalizando como fundamental para atrair novas empresas ter disponível energia elétrica, pavimentação asfáltica e segurança.

Kalil Baracat lembrou que a decisão de implementar o MT Iluminado demonstra a preocupação do governador Mauro Mendes com as cidades e a segurança de sua população. Um sistema de Gestão de Iluminação Pública eficiente traz uma série de benefícios para a população. Afinal, ele amplia a sensação de segurança na cidade, proporciona mais conforto para todos, melhora o trânsito à noite, reduz gastos e assim por diante.

Com a substituição das lâmpadas tradicionais de vapor de sódio pelos modelos de LED, a iluminação pública tornou-se a porta de entrada para sistemas inteligentes nas cidades. Isso porque é possível utilizar sua infraestrutura para conectar diferentes serviços na localidade. Além de emitirem menos poluentes e serem mais econômicas e eficientes, as lâmpadas de LED permitem a implementação de projetos de internet das coisas (Internet of Things – IoT) para a criação de cidades inteligentes. As lâmpadas substituídas não serão reaproveitadas por causa do seu alto consumo de energia elétrica, acima dos 50% de uma lâmpada em LED, que além de mais econômica é ambientalmente correta, mais sustentável.

Além do benefício de uma energia mais duradoura e eficiente, já que as lâmpadas em LED, consomem 50% menos energia e duram mais que as normais, essas trocas permitem economia aos cofres públicos, pois ao contrário do que muitos pensam, a iluminação pública em ruas e logradouros também é paga pelo poder público municipal.

Segundo o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana de Várzea Grande, Breno Gomes, a iluminação em LED valoriza a cidade, seus imóveis, garante mais tranquilidade e segurança para as pessoas, possibilita um trânsito melhor e permite uma maior economia aos cofres públicos, pois a durabilidade das lâmpadas supera em 50% as atuais e tem mais tempo de durabilidade. “Em todos os sentidos Várzea Grande foi beneficiada com a troca dessas mais de 30 mil lâmpadas em LED, sendo 20 mil através do Programa MT Iluminado do Governo do Estado e 10 mil de recursos da cidade, pois ele valorizou os imóveis, transformou a vida de muitas pessoas e acabou gerando emprego e renda”, disse Breno Gomes.

Até o final de 2024, Várzea Grande pretende ainda ampliar em 23 mil novas lâmpadas em LED, sendo 18 mil do MT Iluminado e 5 mil em recursos próprios da CIP – Contribuição de Iluminação Pública, o que representará ainda outro importante avanço, na área de segurança pública e no trânsito. “Existem estudos realizados em grandes cidades em todo o mundo demonstrando a queda nos índices de criminalidade por causa do fim das áreas sem iluminação e sem monitoramento, o que estamos fazendo, seja com parceria com o Governo do Estado ou com recursos próprios”, disse Kalil Baracat.

O prefeito frisou que nas tratativas com as forças policiais, sejam elas, a própria Guarda Municipal, as Polícias Militar, Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal, o quesito iluminação pública é apontado como fundamental no combate a criminalidade. “Uma cidade mais iluminada, representa mais segurança aos moradores e trabalhadores de Várzea Grande e um aporte indispensável a segurança delas e dos imóveis da cidade.

Forças policiais como as polícias militar e judiciária civil, bem como a guarda municipal tem no trabalho de segurança pública um aliado indispensável que é a iluminação que ajuda não apenas no combate a criminalidade como também em evitar a ação dos criminosos que sempre procuram locais sem monitoramento e de pouca iluminação”, explicou o prefeito.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 29 de Maio de 2024