facebook instagram youtube whatsapp

Política Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 15:38 - A | A

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 15h:38 - A | A

contas de 2022

“Cavou além do fundo do poço” diz Maysa após TCE reprovar as contas de Emanuel

Ainda segundo a vereadora Maysa, o déficit de R$1,2 bilhão botou o “paletó” no chinelo

Assessoria
MQF

A vereadora Maysa Leão (Republicanos) não escondeu sua indignação com o retrato financeiro de Cuiabá, que levou à reprovação das contas de 2022 da gestão Emanuel Pinheiro pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Durante sua fala no Plenário desta terça (12.12) a vereadora teceu críticas ao chefe do Executivo.

“A gente chega em um momento onde o fundo do poço do Emanuel Pinheiro é surpreendente. Um fundo de poço sem fim. Ele consegue ir mais profundamente do que já era inaceitável” disse a vereadora Maysa. Segundo o TCE, o déficit da prefeitura está estipulado em R$1,2 bilhão aos cofres da prefeitura.

Para a vereadora Maysa, presenciar Cuiabá ter o primeiro prefeito a ter as suas contas reprovadas pelo TCE é um marco que não gostaríamos de ver. “Esse prefeito demonstra na cidade para quem quer ver uma cidade caótica, suja, abandonada e depredada”. Maysa Leão, ainda relembrou o episódio do paletó, que segundo ela ficou no “chinelo”. “O dinheiro que caiu do paletó é infinitamente menor do que R$1,2 bilhão de dívidas acumuladas nos últimos anos”, pontuou Maysa.

Durante sua fala, Maysa Leão pediu aos seus pares que o parecer pela reprovação das contas pelo TCE seja respeitado, pois foi feito de forma técnica. A vereadora Maysa aproveitou para alertar a Câmara que os olhos da sociedade estão voltados para a Casa, e que cada vereador irá arcar com o seu próprio crivo sobre quem defendeu Cuiabá e quem tapou os seus olhos. “Eu estou tranquila em relação ao meu CPF, eu sei que lado estou, onde estiver Emanuel, estarei do lado oposto” finalizou Maysa Leão.

Comente esta notícia

Cuiabá MT, 20 de Julho de 2024